30 junho 2014

Dez Direitos Naturais das Crianças

Dez Direitos Naturais das Crianças

1. Direito ao ócio: Toda criança tem o direito de viver momentos de tempo não programado pelos adultos. 2. Direito a sujar-se: Toda criança tem o direito de brincar com a terra, a areia, a água, a lama, as pedras.
3. Direito aos sentidos: Toda criança tem o direito de sentir os gostos e os perfumes oferecidos pela natureza.
4. Direito ao diálogo: Toda criança tem o direito de falar sem ser interrompida, de ser levada a sério nas suas idéias, de ter explicações para suas dúvidas e de escutar uma fala mansa, sem gritos.
5. Direito ao uso das mãos: Toda criança tem o direito de pregar pregos, de cortar e raspar madeira, de lixar, colar, modelar o barro, amarrar barbantes e cordas, de acender o fogo.
6. Direito a um bom início: Toda criança tem o direito de comer alimentos sãos desde o nascimento, de beber água limpa e respirar ar puro.
7. Direito à rua: Toda criança tem o direito de brincar na rua e na praça e de andar livremente pelos caminhos, sem medo de ser atropelada por motoristas que pensam que as vias lhes pertencem.
8. Direito à natureza selvagem: Toda criança tem o direito de construir uma cabana nos bosques, de ter um arbusto onde se esconder e árvores nas quais subir.
9. Direito ao silêncio: Toda criança tem o direito de escutar o rumor do vento, o canto dos pássaros, o murmúrio das águas.
10. Direito à poesia: Toda criança tem o direito de ver o sol nascer e se pôr e de ver as estrelas e a lua.

Fonte: http://www2.uol.com.br/aprendiz/n_colunas/r_alves/id131002.htm

23 junho 2014

Quadrilha Ô Trem Danado faz sucesso no Vale do Jequitinhonha - MG

A quadrilha Ô TREM DANADO representada pela organização ASCAI, que é parceira do ChildFund Brasil na cidade de Itaobim no Vale do Jequitinhonha em MG, apresentou para toda a comunidade a quadrilha que esquentou o final de semana de Junho de muita gente.

Através do projeto Casinha de Cultura, que tem como objetivo resgatar e valorizar a cultura local, a quadrilha Ô Trem Danado, que é conhecida em todo o Vale do Jequitinhonha, conquistou vários títulos em concursos municipais e regionais. A quadrilha que iniciou-se em 2002, no ano de 2007 participou do Arraiá de Belô em Belo Horizonte.
A quadrilha Ô Trem Danado é composta por trinta e seis dançarinos, cinco músicos, uma equipe de produção e tem como cantador o jovem Miraque Gonçalves de Aguilar. Confira as fotos da apresentação no 10º Fequaje em Jequitinhonha - MG.







20 junho 2014

Terapia Comunitária - valorização de histórias de vida e amor

A organização parceira do ChildFund Brasil, Associação da Criança e do Adolescente de Itaobim (Ascai) localizada no Vale do Jequitinhonha em MG, em parceria com o Centro de Referência de Assistência Social - Cras realizou em junho de 2014 uma Roda de Terapia Comunitária Integrativa com o grupo da melhor idade da cidade. Confiram as fotos dos momentos de muitas alegrias e novos aprendizados.

O idealizador da terapia comunitária, Adalberto de Paula Barreto, foi professor do departamento de saúde comunitária da Faculdade de Medicina do Ceará e segue um protocolo de funcionamento, fundamentado na convivência solidária, utilizando-se de recursos do cotidiano.

A capacitação é feita em parceria com as ONGs do Alto, Médio e Baixo Jequitinhonha e é desenvolvida pelo pólo formador de terapia comunitária em Minas Gerais, o Misc Minas de Ipatinga em Araçuaí - MG.

O projeto já se encontra no quarto módulo, e como estágio do curso, está sendo desenvolvido as rodas de TCI (Terapia Comunitária Integrativa) que tem o objetivo de criar um espaço de diálogo para que as pessoas possam conversar sobre seus problemas e alegrias, criando redes de solidariedade e apoio. A Roda de TCI constitui-se em um espaço de promoção de encontros interpessoais e intercomunitários e objetiva valorizar histórias de vida dos participantes e favorecer a ampliação da percepção dos problemas e possibilidades de esclarecimento a partir de suas próprias competências.

A terapia é dividida em cinco etapas: 1º Acolhimento, 2º Escolha do Tema, 3º Contextualização, 4º Problematização e 5º Encerramento.
O terapeuta comunitário atua como facilitador e participante da Roda de TCI, e impõe questionamentos capazes de proporcionar uma nova leitura da realidade, do sofrimento exposto ao grupo e levar o protagonista a descobrir novas estratégias de solução.

A 10ª Roda de Terapia foi com o grupo da melhor idade do Cras e alguns idosos são avós de crianças apadrinhadas na ASCAI.

Confira as fotos dos momentos de muitas alegrias e novos aprendizados.






18 junho 2014

Dia do Padrinho na organização ASCAI

O ChildFund Brasil comemora no dia 15 de junho, um dia muito especial, o Dia do Padrinho. Neste dia damos o nosso parabéns e reconhecimento pela atitude de mais de dez mil pessoas que são responsáveis pela transformação na vida de uma criança. Sua parceria representa a oportunidade de uma vida melhor e mais digna para milhares de pessoas que vivem em situação de risco social.

A organização parceira do ChildFund Brasil, ASCAI, localizada na região do Vale do Jequitinhonha em MG comemorou este dia no espaço da Casinha de Cultura. O evento foi um momento para agradecer a Deus pela vida dos padrinhos e madrinhas que colaboram para a transformação social de inúmeras famílias e comunidades.
A organização aproveitou a época das festas juninas para alegrar o evento com caldo, canjica, forró e muita quadrilha.



                   













Você que é padrinho, sinta-se abraçado por mais de 99 mil crianças e adolescentes transformados diariamente por você.

16 junho 2014

Curso de cortes e costura para jovens e adultos

A organização Projeto Alegria da Criança, parceira do ChildFund Brasil no Ceará, oferece o curso de corte e costura industrial para adultos e jovens com idade mínima de 17 anos na cidade de Caucaia. Com carga horária de 180 horas e conteúdo programático dividido em módulo básico, com abordagem de assuntos ligados às relações interpessoais, meio ambiente, orientações para o trabalho, direito, ética e mercado de trabalho, direito e deveres do trabalho, segurança do trabalho e postura profissional. 
No módulo específico, o curso volta-se ao conhecimento e manuseio das máquinas, coordenação motora para máquinas reta e overlock, noções de medida e modelagem em geral, costura e corte em tecido, confecção de peças masculinas e femininas, adulto e infantil, sociais e esporte.
Ao final do curso,  os alunos recebem certificados e a organização os encaminha ao mercado de trabalho, pois eles já saem capacitados para desempenhar suas atividades em qualquer máquina industrial e ocupam vagas existentes na indústria de confecção. Ao longo do ano são capacitadas 120 pessoas em corte costura industrial.
Segundo o Projeto Alegria da Criança, já se tem observado que algumas pessoas têm se destacado como empreendedores individuais, montando seu próprio negócio.


Confira fotos das aulas:






Oficina de Artes no Projeto Alegria da Criança

A Oficina de Artes da organização social parceira do ChildFund Brasil, Projeto Alegria da Criança, localizada no Ceará, tem o objetivo de despertar nas crianças e adolescentes o gosto pelas artes, desenvolvendo habilidades, autonomia, criatividade e autoestima. A organização atende crianças apadrinhadas e não apadrinhadas e tem um público de aproximadamente 80 crianças e 40 adolescentes. A cada três meses, a organização faz uma mudança deste público para que possa atender um maior número de crianças e adolescentes.
Os conteúdos trabalhados nas artes são temas gerados através de datas comemorativas e as técnicas trabalhadas são realizadas com uso de materiais reciclados, pinturas diversas, recorte e colagem.
As atividades de artes ficam expostas em sala e depois as crianças e adolescentes levam para as suas casas.

Confira fotos dos meninos com a mão na massa:








10 junho 2014

It's a Penalty - Happy Child e ChildFund Brasil juntos por nossas crianças

Faltam poucas horas para a Copa do Mundo no Brasil e a espera de um grande número de turistas pelas principais capitais brasileiras é altíssima.
Este aumento no número de pessoas durante os grandes eventos da Copa, chama a atenção para o risco de crimes associados ao turismo sexual contra crianças e adolescentes.
Segundo a UNICEF, estima-se que existem mais de 250 mil crianças envolvidas no comércio sexual infantil no Brasil.

O ChildFund Brasil em parceria com a organização internacional Happy Child, estão juntos na campanha It's a Penalty.
         Sarah de Carvalho - CEO da Happy Child e Gerson Pacheco - Diretor Nacional do ChildFund Brasil

A campanha tem o objetivo de combater a exploração sexual infantil durante a copa do mundo e tem a parceria e apoio de diversas instituições internacionais e também do Governo do Estado de São Paulo, Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Ministérios Públicos e sindicatos de empresas de turismo e entidades sociais.
A Polícia Militar, a Associação de Futebol, o primeiro-ministro britânico, o Reino Unido, os governos do Brasil e a Polícia Federal brasileira também apoiam It's a Penalty.

O principal objetivo da campanha é aumentar a conscientização entre os fãs de futebol e aqueles que estão vindo ao Brasil para a Copa do Mundo com a intenção de praticar sexo com menores de idade. Exploração sexual infantil é crime hediondo, e irá resultar em processo penal em qualquer parte do Brasil e / ou no seu país de origem.

Vários jogadores entraram nesta luta e estão também compartilhando da ideia do It's a Penalty e você pode participar e apoiar também. Siga a campanha no facebook, twitter e no canal do youtube e compartilhe a campanha com os seus amigos.




Se presenciarem qualquer situação de violência contra crianças e adolescentes, disque 100 e denuncie.
A ligação é gratuita e a denúncia é anônima! Todos juntos por nossas crianças.

http://www.itsapenalty.com/