13 abril 2011

Opinião de quem conhece e confia

“Há muitos anos tenho contribuído mensalmente, através dessa instituição, com uma criança de família simples, porém muito capaz na boa formação dos filhos. Acompanhei o desenvolvimento desta criança através de correspondências do Fundo Cristão e da minha afilhada, sendo que pelas cartas recebidas posso observar claramente o seu crescimento intelectual e social. Ao Fundo Cristão, meus parabéns pela seriedade, lisura e competência dos seus trabalhos”.

Wendell Afonso Teixeira – Administrador e padrinho da criança Michelle, inscrita na entidade conveniada Conselho de Pais Criança Feliz, localizada em Minas Gerais.
 

“Na primeira vez que tomei conhecimento sobre o Fundo Cristão para Crianças me inscrevi imediatamente, pois percebi que o programa de apadrinhamento era perfeito. Havia credibilidade, organização, método e resultados excelentes! Penso sempre que é muito melhor ajudar crianças e jovens a estudar, se alimentar bem, se vestir melhor, ter orientação pedagógica e acompanhamento constante do que ver inúmeras crianças pelas ruas, pedindo esmolas, drogando-se, roubando, prostituindo-se e até mesmo matando. É muito gratificante receber as cartinhas das crianças e os relatórios de avaliação; perceber como elas estão mais felizes, educadas, inseridas na sociedade e não mais marginalizadas e perdidas pelas ruas.

Fico admirado como, às vezes, com tão pouco, é feito verdadeiro milagre, pois o dinheiro para um presente de aniversário, por exemplo, dá para comprar muitas coisas. A Mirelly, minha afilhada, por exemplo, compra roupas, brinquedos, alimentos e se diverte bastante. Tal quantia, se não fosse bem administrada, poderia não valer nada ou se perder no consumo de coisas inúteis. Sinto-me privilegiado em contribuir um pouco e perceber que juntos podemos ser mais”.

José Luiz Mancusi – Administrador e padrinho da criança Mirelly, inscrita na entidade conveniada Ajenai, localizada no interior de Minas Gerais.

Seja você o autor de um depoimento emocionante como estes, apadrinhe uma criança!

0 comentários:

Postar um comentário