08 novembro 2011

Olhares em Foco em Caucaia/CE

Foto da aluna Katarina em Redenção.
O projeto Olhares em Foco foi realizado pela primeira vez no Ceará, a cidade de Caucaia. Na mais recente edição, 30 jovens entre 12 e 18 anos refletiram sobre a própria identidade, sua relação com a família e a comunidade, utilizando a fotografia.

Primeiramente os participantes da oficina conheceram a história da fotografia, a câmera escura e sua evolução e utilidades nos dias de hoje. Cada participante contou um pouco da história pessoal, preferências e sonhos. Foi assistido também o documentário “Nascidos em Bordéis”. De acordo com o facilitador do projeto, o arte educador Marco Domingos, a intenção ao assistir esse filme foi mostrar quantas dificuldades existem no mundo e que os nossos problemas nem sempre são tão grandes quanto imaginamos. Outra reflexão provocada pelo “Nascidos em bordéis” foi a de que o trabalho pode nos levar longe.

Depois dessa primeira etapa, os pequenos grandes fotógrafos fizeram registros na própria comunidade. O trabalho de campo foi realizado em Redenção, primeira cidade do Brasil a abolir a escravidão. Lá, eles fotografaram vários lugares históricos.

Ao longo do projeto, o facilitador e as crianças e adolescentes relataram como foi a experiência. Veja um trecho de um dos diários de bordo escrito pelos alunos:

É interessante que podemos mostrar a nossa realidade. Nessa aula vimos várias coisas interessantes, como o abandono do nosso município, as crianças não têm como se divertir e ficam na rua para tentar se entreter. Esgoto a céu aberto, lixo nas ruas e pessoas morando em áreas de risco. Também vimos pessoas que trabalham com artesanato, que hoje em dia não é tão valorizado. Vimos também que em pleno século XXI ainda existem pessoas que usam animais como meio de transporte, onde se deveria ser muito mais moderno. (Bruna Kristhy, Gelson, Rafaela, Lazaro, Mikaely e Deusa.)

Depois de todas as reflexões e imagens, as melhores fotos ainda serão expostas para a comunidade.

Veja mais notícias sobre o projeto Olhares em Foco.

0 comentários:

Postar um comentário