07 novembro 2011

Pedófilo que usava internet é condenado

Felipe Nunes Ferreira foi condenado a nove anos e meio de prisão por criar uma página na internet com imagens de pornografia infantil na rede social Orkut e divulgá-la por meio dos programas eMulee MSN Messenger. Ele já estava preso desde dezembro de 2009, acusado de ter violentado uma criança de seis anos e ter transmitido as imagens do ato por meio de uma webcam. Sua prisão preventiva foi mantida pela Justiça Federal e não poderá recorrer em liberdade.

A ação foi movida pela procuradora da República Neide Cardoso de Oliveira, após denúncia encaminhada pela Safernet Brasil, responsável pela central nacional de denúncias de crimes ciberbéticos , informando sobre conteúdo pornográfico com crianças na página chamada “Ls models as mais lindas beldades”.

Na casa do abusador foram encontrados diversas imagens de pornografia infantil em seu computador. Ele utilizava várias estratégias para escapar da vigilância, como usar diversas contas de e-mail para despistar a Polícia Federal.

Esta é a segunda sentença este ano da juíza Valéria Caldi sobre crimes deste tipo.

A internet é um dos meios pelo qual os abusadores tem cometido abusos contra crianças e adolescentes. Não se cale diante desse crime, denuncie!

0 comentários:

Postar um comentário