14 dezembro 2011

Uma carta de um padrinho estrangeiro

As relações de carinho proporcionadas pelo ChildFund Brasil transcedem as barreiras geográficas do Brasil. Confira, a seguir, uma carinha de um padrinho estrangeiro para sua apadrinhada, no Brasil:

Querida Kaisa,

Muito obrigado por suas duas doces cartas. Você parece ser uma menina muito dócil e que me deixa muito orgulhoso.

Eu espero que você goste da escola e que você aprenda a falar inglês. Esta é uma grande vantagem, se você puder falar em inglês você pode escrever para mim uma carta em inglês.

Eu tenho uma foto sua e agora você tem uma minha. Ela tem 2 anos e eu tenho 42 anos de idade.

Eu tenho certeza que você e sua família eu somos pessoas com corações nos lugares certos. E eu espero que você e sua família eu possamos ser bons amigos de correspondência.

Eu, na realidade, já estive no Brasil e gostei muito do seu país. Em 1986 eu estive no Brasil por duas semanas com meu clube de futebol. Eu nunca mais joguei futebol desde que fiquei parcialmente cego há 18 anos atrás.

Mas em 1986 nós ficamos 10 dias em São Paulo e 4 dias no Rio de Janeiro. Foi um passeio fantástico e eu gostei do Brasil e dos brasileiros. Você mora em um lindo país. Eu gostaria de visitar o Brasil novamente algum dia, mas eu não sei se realizarei meu sonho.

Espero que você e sua família sua família estejam bem.

Abraços,

Bjarne

0 comentários:

Postar um comentário