28 março 2012

A busca pela água limpa e saneamento para todos

No ano 2000 foi firmado em um assembléia na ONU um documento que ficou conhecido como Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, que concernia metas para a redução da pobreza extrema até 2015. No último 22 de março, Dia Mundial da Água, pudemos comemorar a realização de uma das metas mais cedo do que o previsto: reduzir pela metade a proporção de pessoas no mundo sem acesso à água potável. Segundo um relatório da OMS, desde 2010 89% da população mundial tem acesso à esse bem.

Mesmo tendo alcançado esse objetivo, ainda há muito a se fazer. Procura-se, até 2015, reduzir pelo menos 50% a população sem acesso a saneamento adequado. Essa meta, de acordo com a OMS, dificilmente será alcançada a tempo, já que o número atual é de 63%, e o objetivo é um 75% distante.

Para o ChildFund, a água e o saneamento são itens básicos para ajudar crianças e famílias a melhorar sua vida. Ajudamos as comunidades a utilizar fontes de água e a construir instalações para uso próprio e, então, os treinamos para que os mantenham. Garantimos que as escolas tenham acesso a esses serviços também. Educamos crianças e familiares para práticas saudáveis, como a lavagem das mãos, segurança alimentar e eliminação de resíduos.

Com os esforços do ChildFund nesse âmbito, já foi possível ajudar 200 famílias na Bolívia, 7 mil pessoas no Brasil, 1.200 na Indonésia, 8.000, na Etiópia. Em comparação com 783 milhões, esses números são uma gota em um balde grande. Então, novamente, como o poeta romano Ovídio disse certa vez: "Pingando a água forma cavidades na pedra, não pela força mas pela persistência." Da mesma forma, ela enche baldes.

No Dia Mundial da Água, vamos renovar nosso compromisso com água limpa e saneamento para todos.

0 comentários:

Postar um comentário