11 julho 2012

Juventude cearense mostra que tem voz ativa na 9ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente

Diana Melo e César Nogueira, dois jovens cearenses, estão tendo a oportunidade de interferir politicamente no próprio destino e no de todas as crianças e adolescentes brasileiros. Eles viajaram para Brasília com um grupo de 72 pessoas para, entre 11 e 14 de julho, representar o estado do Ceará na 9ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães.

Ao todo, 18 jovens cearenses foram escolhidos para o cargo de delegados, com a missão de sentar-se com outros jovens de todos os estados brasileiros na mesa de negociação para debater a Política Nacional e o Plano Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Os documentos, ambos em fase de finalização, serão posteriormente enviados ao Congresso Nacional para votação. São esperadas cerca de três mil pessoas na Conferência, entre delegados eleitos pelos estados, adolescentes, conselheiros tutelares, conselheiros de Direito, autoridades das três esferas de governo e representantes da sociedade civil.

Diana Melo é uma dessas delegadas. Ela participa de projetos sociais na Frente de Assistência à Criança Carente de Fortaleza (FACC), instituição parceira do ChildFund Brasil, antigo Fundo Cristão para Crianças, mantida por meio de recursos do Programa de Apadrinhamento. Segundo Diana, foi lá que aprendeu a ter consciência política. Já César Nogueira, outro jovem apadrinhado pela instituição, participa do evento como educomunicador, cargo que lhe dá a responsabilidade de ser um dos jornalistas da Conferência.

A coordenadora da FACC, Mônica Silan, explica que a política é assunto prioritário na entidade, que atende 850 famílias da comunidade do Lagamar, em Fortaleza, e trabalha pelo bem-estar de quase 1.200 crianças apadrinhadas. “Identidade cultural, educação em direitos humanos e incidência política são três tópicos que fazemos questão de ensinar às crianças, pois acreditamos que, politizadas, elas poderão ser agentes da transformação da comunidade em que vivem”, diz.

Teatro para a mobilização

Os adolescentes da Frente de Assistência à Criança Carente de Fortaleza (FACC) também participam de outro grande momento político, desta vez por meio da arte. São 20 jovens entre 12 e 18 anos do grupo teatral Juventude Positiva que irão acompanhar a Caravana Cearense da Anistia Política por todo o estado, apresentando os espetáculos “Reflexus” e “Juventude, muda!”. A abertura da Caravana acontece dia 3 de agosto, na Praça Ferreira, em Fortaleza.

ASSESSORIA DE IMPRENSA
Flavia Presoti
flavia@flaviapresoti.com.br
(31) 9952-6028

Alexandre Farid
alexandre@flaviapresoti.com.br
PABX: (31)2511-9707
(31) 9187-1400

0 comentários:

Postar um comentário