06 agosto 2012

Em parceria com ChildFund Brasil: universidades promovem evento em prol das crianças e adolescentes

Entre os dias 31 de agosto e 1° de setembro, o Simpósio Latino Americano de Multidisciplinaridade em Ofensas Sexuais reunirá grandes nomes do Brasil e América Latina para fomentar novos caminhos para as discussões sobre as ofensas sexuais. O evento, idealizado por acadêmicos, profissionais e organizações brasileiras e internacionais do terceiro setor, ocorrerá na Faculdade de Medicina da UFMG – Belo Horizonte – Minas Gerais.

Sabe-se que os casos de ofensas sexuais, embora sejam um problema de saúde pública, ficam na maioria das vezes guardados em segredo, dentro das famílias. Os números oficiais obtidos através do disque denúncia 100 do Governo Federal nos mostram apenas uma porcentagem desse drama que se estende por todo o mundo. Somente uma pequena parte do que realmente acontece chega ao conhecimento das autoridades do poder público e das poucas agências que se dispõem a atender a população. Essas agências geralmente estão vinculadas às Universidades, num esforço nem sempre divulgado, para tratar as vítimas sejam ofendidos ou ofensores.

Pois isso, as organizações com um importante histórico de trabalho e pesquisa voltado para o tema, Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade de São Paulo, ChildFund Brasil, Happy Child International e Abtos, se uniram para realizar uma série de eventos, que será um marco para a construção do conhecimento nessa área.

O Simpósio Latino Americano será o primeiro evento da série Patrocinada pelo ChildFund Brasil, e terá o objetivo de divulgar em larga escala o tema Ofensas Sexuais. Na ocasião, será escrita a Carta de Minas, que tem o intuito lançar uma chamada para o país sobre a importância do tema.

Valores
Inscrições até o dia 20 de agosto*: R$ 180,00
Inscrições após o dia 21 de agosto: R$ 200,00
Desconto de 5% para grupos a partir de cinco pessoas
*Desconto especial para inscrições antecipadas

Inscrições e mais informações pelo site:
www.ofensassexuaisemdebate.com.br

0 comentários:

Postar um comentário