29 setembro 2012

09/10: Jovens de Barbalha (CE) apresentam a exposição “Olhares em Foco Cariri”


Mostra reúne 66 imagens e, paralelamente, trabalhos autorais dos 22 participantes do projeto

Agora é a vez dos jovens da cidade de Barbalha, na região metropolitana do Ceará, apresentar a exposição “Olhares em Foco Cariri”. A abertura será no próximo dia 09 de outubro, terça-feira, às 18h, na Sala de Exposições do antigo Casarão Hotel, espaço onde hoje está sediada a Secretaria Municipal de Cultura.

O trabalho, que teve duração de três meses, reuniu 22 jovens entre 13 e 19 anos de idade da zona rural e urbana das comunidades de Cirolândia, Bulandeira e Malvina. A exposição conta com 66 trabalhos e revela o olhar de cada participante sobre o Cariri, região onde se localiza Barbalha. Daí o nome da mostra. No entanto, não se trata apenas de meros registros fotográficos que trazem à tona o cotidiano das comunidades em que vivem. Atrás das lentes, jovens questionadores e providos de senso crítico e, como ele mesmos dizem, “não somos jovens carentes”. Numa clara demonstração de que estar em uma condição socioeconômica menos favorecida seja fator determinante para que os mesmos não tenham ou que possam mostrar os seus talentos.



Aprendizado

Para o curador e facilitador da exposição “Olhares em Foco Cariri”, Franklin Lacerda, muito mais importante do que aprender técnicas de fotografia ou clicar situações, lugares e etc., é associar o aprendizado a outros conteúdos. “Posso dizer que a fotografia serviu mais como um pano de fundo para despertar o lado poético e até mesmo para revelar talentos, retratando muitas vezes questões de ética e de comportamento”, afirma, e acrescenta que os jovens passam atualmente por um treinamento para que eles mesmos atuem como monitores da exposição. Na ocasião, os visitantes também poderão conferir uma mostra paralela com trabalhos autorais dos meninos, os quais foram produzidos durante as oficinas.


Por último e não menos importantes, os jovens integram as seguintes organizações parceiras do ChildFund Brasil: Sociedade de Educação e Saúde à Família (Sesfa); Sociedade em Benefício à Família (Sobef); e Sociedade de Apoio à Família (Soafa).

Serviço:
O quê: Exposição “Olhares em Foco Cariri”
Onde: Antigo Casarão Hotel – Secretaria Municipal de Cultura
Endereço: Rua da Matriz, nº 21 – Centro – Barbalha - Ceará
Horário: 18h - entrada gratuita

28 setembro 2012

Simpósio discutiu as questões ligadas às ofensas sexuais

Evento aconteceu em BH e reuniu diversas organizações afins no intuito de pensar coletivamente estratégias de combate às práticas que atingem milhares de crianças e adolescentes.

O problema é recorrente e, embora se trate de uma questão de saúde pública, as questões relacionadas às ofensas sexuais ficam na maioria dos casos restritas às vítimas de abuso, dentro das próprias famílias. O medo e o constrangimento estão entre as razões para esse tipo de comportamento.

Para discutir o tema e suas implicações, o Simpósio Latino Americano de Multidisciplinaridade em Ofensas Sexuais ocorrido recentemente em BH, reuniu profissionais e palestrantes do Brasil e do exterior, e um público de 120 pessoas. O encontro foi o primeiro de uma série de eventos patrocinado pelo ChildFund Brasil e, para tanto, contou com a parceria das organizações Ambulatório Especial de Acolhimento e Tratamento de Famílias Incestuosas (AMEFI BH/HC) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Centro de Estudos e Atendimento Relativos ao Abuso Sexual (CEARAS) da Universidade de São Paulo (USP), Happy Child International e Associação Brasileira de Prevenção e Tratamento das Ofensas Sexuais (ABTOS). Em comum, a busca de soluções e a definição de estratégias de combate às práticas que atingem milhares de crianças e adolescentes no Brasil e no mundo.

A violência em números

Prova da importância e da gravidade do assunto, o Relatório Abuso Sexual da Associação Brasileira Multiprofissional de Proteção à Infância e Adolescência, realizado entre os anos 2001-2003, aponta que 76,29% das vítimas de abuso sexual são do sexo feminino; 90,5% dos abusadores sexuais são do sexo masculino, entre 31 e 45 anos (38%), e em 54,55% dos casos o abusador possui vínculo com a vítima.

No ranking dos estados em números de denúncias de abuso sexual, o Rio de Janeiro lidera as posições, seguido por São Paulo e Minas Gerais. Ainda no que se refere à capital fluminense, a central de atendimento do Dique Denúncia revela que, nos cinco primeiro meses deste ano, foram recebidas 17.442 denúncias relacionadas a crimes contra crianças e adolescentes. Desse total, 2.495 eram sobre violência sexual; 1.342 denúncias sobre exploração sexual comercial e 1.153 sobre abuso sexual.

Projeto “Depoimento sem Dano”

Idealizado pelo desembargador Antonio Daltoé César, o magistrado apresentou aos presentes o projeto “Depoimento sem Dano” – entre as premissas, o programa visa à proteção psicológica das crianças, adolescentes, vítimas e ou testemunhas de abuso sexual do excesso de formalismo presente numa sala de audiências.

De acordo com o magistrado, a iniciativa tem por finalidade promover práticas mais adequadas quando da inquirição das vítimas em questão, preservando-as, inclusive, que essas ouçam perguntas inapropriadas, de que sejam expostas a situações constrangedoras e até mesmo de um possível encontro com o suposto agressor. Para tal, é necessário todo um aparato que vai desde à necessidade de salas adaptadas, com áudio e vídeo, redução do número de entrevistas por outros profissionais a outros procedimentos que visam diminuir o sofrimento das vítimas.

Avanços

Neste contexto, o encontro representou um grande passo e contribuiu para o avanço das questões atinentes às ofensas sexuais “na medida em que reuniu grandes estudiosos e pesquisadores da área, promovendo a disseminação do conhecimento e de experiências relevantes, fortalecendo, assim, a rede de proteção, acolhimento e tratamento de crianças e adolescentes”, pondera a médica pediatra da Organização Médicos de Cristo, Soraya Dias.

26 setembro 2012

Amanhã, 27/09: Governo lança projeto de prevenção à violência contra a juventude negra

O governo federal lança amanhã, dia 27 de setembro, em Maceió (AL), a primeira etapa de um programa piloto que visa enfrentar o crescente número de homicídios entre jovens negros de todo o Brasil. Intitulado Juventude Viva, a iniciativa é a primeira etapa de uma ação mais ampla, o Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra.

A preocupação reflete nos números. Segundo dados do Ministério da Saúde, 53% dos homicídios registrados no país vitimam pessoas jovens. Destas, mais de 75% são negras. Além disso, enquanto as mortes de jovens brancos caíram de 9.248, em 2000, para 7.065, em 2010, a de jovens negros cresceu de 14.055 para 19.255 no mesmo período.

A escolha do estado também se justifica porque a capital, Maceió, ocupa o segundo lugar entre as cidades brasileiras com o maior número de homicídios. Nesta primeira etapa, além de Maceió, o Juventude Viva também será testado em outras três cidades alagoanas: Arapiraca, Marechal Deodoro e União dos Palmares. A meta do governo federal é, a partir da experiência inicial, estender a iniciativa para os 132 municípios mais violentos do país. (Fonte: Agência Brasil)

Projeto "Plantar, colher, comer" do ChildFund Brasil é destaque no caderno Prazer em Ajudar do Estado de Minas

Sabe aquele ditado que diz que ‘água mole em pedra dura, tanto bate até que fura’. Não é que ele faz todo o sentido. E, no nosso caso, ele reforça a importância de levarmos à frente as nossas iniciativas. Cabe aqui também outra máxima popular, a de que devemos fazer o bem sem olhar a quem. É, na prática, o que o mundo nos sugere o tempo todo, de que tudo na vida é lei de causa e efeito.
E é por essa razão, inclusive, que as ações do ChildFund Brasil vem sendo destaque nos principais veículos de comunicação da mídia mineira e de outros estados. Como é o caso da matéria publicada nessa terça feira (25/09) no caderno “Prazer em Ajudar” do Estado de Minas. A reportagem fala do projeto “Plantar, colher, comer” e de como o programa é responsável por transformar a vida de 48 famílias de uma comunidade quilombola de São João da Chapada, distrito de Diamantina.

Uma iniciativa simples e eficaz, que, além de gerar alimentos, reduzir os índices de desnutrição infantil ainda promove a integração dos moradores do lugarejo. Finalizando, a gente deixa aqui o nosso MUITO OBRIGADO a todos os parceiros. E, partindo da premissa de que o que é bom também dá audiência, a notícia merece circular pelos quatro cantos do país. E não é peixe, mas deve estar em todas as redes: as sociais, de amigos, família, vizinhos...

Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.

25 setembro 2012

Direto da Austrália: madrinha visita afilhada que mora em Campos Sales, cidade do interior do Ceará


Já imaginou a alegria da afilhada ao receber a visita da madrinha lá da Oceania? Pois é, foi isso mesmo que aconteceu. Ruth Bigwood e o marido Rowan Bigwood vieram da Austrália para conhecer Daniele da Silva Custódio, moradora de Campos Sales, interior do Ceará. O encontro aconteceu na sede do Conselho de Pais de Campos Sales – organização social parceira do ChildFund Brasil.

O casal foi recepcionado pela adolescente e sua família, funcionários da Casa várias crianças. Já na chegada, Daniele fez uma singela homenagem ao ler um texto dedicado à madrinha, emocionando a todos. E para completar a costumeira hospitalidade do povo nordestino, a organização ofereceu ao casal um belo café da manhã. Os diálogos contaram com a colaboração da intérprete Inga Palácio, que durante o tempo todo fez a mediação da madrinha com a afilhada e os demais convidados.



Conhecendo a Organização

Várias atividades marcaram o dia de Ruth e do marido Rowan. Inicialmente eles conheceram as instalações do Conselho de Pais e, em seguida, assistiram a várias apresentações das crianças e jovens, como a orquestra de sopro, violinos, teatro, música, oficinas e esportes.

O casal, que se mostrou bastante interessado em saber mais sobre os trabalhos desenvolvidos, também ficou impressionado com tudo o que viram. Andaram pela comunidade, visitaram a escola da afilhada e conheceram os colegas e professores de Daniele, e ainda marcaram presença numa partida de futebol. Ah, o casal também teve um tempinho e disposição para dançar forró. E olha só que bacana, depois de passarem pela horta da organização, algumas folhinhas de chá foram colhidas pelos visitantes. Ou seja, direto de Campos Sales para a Austrália, e um pedacinho da comunidade que ganha a terra dos cangurus.


Reconhecimento

Nem precisa dizer o quanto Daniele estava feliz, e também ansiosa. Por cartas, elas já têm um ótimo relacionamento, contudo, a visita fortaleceu ainda mais o laços entre madrinha e afilhada. Daí a importância de atitudes como a da Ruth, especialmente em comunidades onde a figura dos padrinhos fica apenas no imaginário das crianças.

Durante o encontro, Ruth disse: “hoje é um dos dias mais felizes da minha vida, tudo o que vimos (ela e o marido) é muito melhor do que imaginávamos. Para nós, foi um dia maravilhoso”, afirmou. Ruth ainda fez referência à gestora do projeto Maria de Lúcia de Andrade Saraiva, a quem ela considerou ser “uma mulher inspiradora e a razão pelo sucesso do projeto”.

Finalizando, nós do ChildFund Brasil torcemos para que mais padrinhos e madrinhas visitem os seus afilhados. E não se esqueça, a gente também quer contar a sua história pra todo mundo.

Veja mais imagens aqui

24 setembro 2012

Alô Fortaleza! Nesta quarta e quinta-feira, dias 26 e 27/09, acontece mais uma edição da Exposição “Olhares em Foco”


“Ô xente”, pra você que mora ou está a passeio por Fortaleza, vale a pena conferir a exposição fotográfica do projeto “Olhares em Foco”. Intitulada "Lagamar, Minha Vida, Meu Lugar", a mostra acontece nesta quarta e quinta-feira, dias 26 e 27 de setembro, às 18h, na Universidade Estadual do Ceará (Uece).

Idealizada pelo ChildFund Brasil, a iniciativa tem como parceira a organização social Frente de Assistência a Criança Carente (FACC) e, à frente dos trabalhos, a facilitadora Goretti Feitosa. Foram três meses de atividades que, ao final, resultaram na seleção de 50 fotos que irão compor a mostra, com os seguintes temas: autobiografia, família e comunidade.

Muito mais que apenas aprender ou ensinar técnicas fotográficas, o projeto permitiu aos 30 jovens inscritos a oportunidade da construção de um novo olhar, sob os mais variados pontos de vistas, revelados a partir de suas vivências com os graves problemas sociais no dia a dia da comunidade em quem moram.

E é a partir da história e da visão particular de cada um, impressa nas imagens, que os participantes esperam quebrar paradigmas, romper estereótipos, tendo a arte como aliada e um importante instrumento de transformação social.

Então fica assim, conte pra todo mundo – família, amigos, vizinhos - os dias e horários da exposição. A gente espera todos vocês, vixe!

22 setembro 2012

Em carta, madrinha fortalece laços e incentiva afilhada

Nem faz tanto tempo assim, mas o hábito de escrever cartas – e de receber uma – sempre foi um gesto envolto de muitos significados. Era a esperança de receber notícias da família, de um filho distante e até mesmo da pessoa amada. Era também, no fundo, a certeza de que, mesmo à distância, alguém queria sempre o melhor para o ente querido.
Mas você deve estar se perguntando, que conversa é essa? A gente explica melhor: na verdade foi a maneira que o ChildFund Brasil encontrou pra dizer a você, que é um padrinho, como é importante manter contato com o seu afilhado. A barreira geográfica é uma questão relativa, e os benefícios que uma cartinha proporciona a uma criança vão além das questões econômicas. É um alento para muitos pequeninos, que muitas vezes querem apenas alguém que se importe com eles.

E é esse sentimento que Ana Lígia Amorim Viana, madrinha da Sabrina, deixa nítido nas poucas palavras, porém bastante motivadoras, à sua afilhada. Atitudes assim podem, com certeza, transformar a forma de uma criança perceber o mundo, e de ela acreditar que o próprio destino pode ser diferente, ser melhor.

Leia a cartinha da Ana, inspire-se no seu exemplo e fortaleça os laços com o seu afilhado. Afinal, é muito bom saber que alguém se importa com a gente, não é mesmo?

Clique para vê-la em tamanho maior

21 setembro 2012

Neste domingo, 23 de setembro: “Projeto Olhares em Foco” apresenta trabalhos dos jovens de Medina


A exposição, que acontecerá às 20h, na Praça Santa Rita, no Centro, reúne fotografias, vídeos, obras artísticas e revelam as impressões dos adolescentes sobre a comunidade em que vivem.

Depois de três meses de trabalho, os jovens da cidade de Medina, no Vale do Jequitinhonha (MG), terão a oportunidade de mostrar ao público mais uma edição do projeto “Olhares em Foco”. A exposição fotográfica, que acontecerá no próximo sábado (23), às 20h, na Praça Santa Rita, no Centro, tem como tema “Lixo e Cidadania”.

A mostra reúne mais de 50 fotos e, como sugere o nome do projeto, todas foram produzidas a partir do olhar, da experiência e da forma como os adolescentes enxergam as nuances que envolvem a temática da iniciativa. Revelando, ainda, o aspecto social e o sentimento de pertença à comunidade em que estão inseridos.

Na ocasião, os visitantes também poderão conferir a mostra de vídeos, obras artísticas e a apresentação de esquetes teatrais, além de conhecer as impressões e os olhares atentos dos participantes sob as mais variadas formas de manifestações artístico-culturais. O evento conta ainda com as participações do Grupo de Folia Rita Jorge e os violões do Sr. Diomar Pereira e Sr. Rômulo.

Por último e não menos importante, a gente não poderia deixar de citar e agradecer o empenho da coordenadora Paula Karina, da Ascomed - organização parceira do ChildFund Brasil – e do facilitador e fotógrafo José Lourival Figueiró.

Ficou curioso para ver as fotos? Acesse a nossa página no Facebook, curta e compartilhe com a sua rede de amigos. Afinal, o que é bom também dá audiência!!!

Brasil tem 3,7 milhões de crianças e adolescentes fora da escola

Estudo do Unicef traça perfil dos alunos longe das salas de aula ou em risco de evasão escolar.

Intitulado “Todas as crianças na escola em 2015 – Iniciativa Global pelas crianças fora da escola”,o relatório, divulgado recentemente pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a Campanha Nacional pelo Direito à Educação, traça um perfil da crianças e dos adolescentes fora da escola ou em risco de evasão escolar no Brasil e sinaliza as principais barreiras que contribuem para esse triste cenário.

O levantamento, que foi feito com base em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios(Pnad 2009) revela que, no Brasil, 3,7 milhões de crianças e adolescentes de 4 a 17 anos estão fora da escola. Desse total, mais de 1,5 milhão de adolescentes encontram-se na faixa de 15 a 17 anos; 1,4 milhão têm entre quatro e cinco anos; 375 mil, de seis a dez anos; e 355 mil crianças faixa etária de 11 a 14 anos estão longe das salas de aula.
Desigualdades

O relatório aponta também onde estão concentradas as maiores desigualdades e, como era de se esperar, as disparidades atingem as crianças mais pobres em que a família tem renda per capita de até 1/4 do salário mínimo, negras, indígenas e/ou deficientes. Indica ainda que a repetência e o trabalho infantil são os principais fatores de risco para a permanência na escola. Endossa a análise o fato de quemais de 3,7 milhões de alunos das séries iniciais do ensino fundamental têm idade superior à recomendada para a série que frequentam. Ainda de acordo com o estudo, em termos absolutos, as regiões com maior número de alunos em risco de abandono são: Nordeste: 1,7 milhão de crianças; Sudeste: pouco mais de 1 milhão. Já em termos proporcionais, as regiões com mais estudantes em risco são: Norte: 18,33%; eNordeste, com 17,68%.

Clique aqui para ler a íntegra do relatório

20 setembro 2012

28/09: Último dia para inscrições no 2º Concurso Cultural “Prêmio Aliança de Empreendedorismo Comunitário”


Termina no próximo dia 28 de setembro, sexta-feira, o prazo para inscrições no “2º Prêmio Aliança de Empreendedorismo Comunitário”. Organizado pela instituição que leva o mesmo nome, a premiação busca reconhecer e premiar microempreendedores brasileiros - com faturamento anual máximo de R$ 240 mil – de qualquer parte do país e que fazem a diferença no desenvolvimento do Brasil.

Quem pode participar

Aberto às pessoas físicas, o concurso é dividido em cinco categorias: Empreendedor Individual: empreendedor que criou e gere seu negócio sozinho ou com mais um(a) parceiro(a); Mulher Empreendedora: empreendimento individual ou coletivo formado e liderado por mulheres; Jovem Empreendedor: empreendedor(a) na faixa etária entre 16 e 30 anos de idade; Grupo Empreendedor: Grupo de pessoas que criaram e gerem seu negócio de forma coletiva; Catador Empreendedor: Catador e/ou grupo de catadores de materiais recicláveis que formaram e gerem o empreendimento. Se você se enquadra em uma dessas modalidades, acesse a íntegra do regulamento no www.premioalianca.org.br e fique atento às condições para a sua inscrição.

Premiação

Os vencedores em cada modalidade serão contemplados com um patrocínio de R$ 5 mil; capacitação em Gestão e Empreendedorismo, a ser realizado pela Aliança Empreendedora; divulgação da história do empreendedor em mídia nacional por meio de assessoria de imprensa e canais de comunicação da instituição organizadora e parceiros; e possibilidade de captar investimento por intermédio do Portal Impulso (www.impulso.org.br), financiamento colaborativo para microempreendedores.

Os segundo lugares também serão premiados, da seguinte forma: capacitação em Gestão e Empreendedorismo, a ser realizado pela Aliança Empreendedora; divulgação de sua história em mídia nacional por meio de assessoria de imprensa e canais de comunicação da instituição organizadora e parceiros; e possibilidade de captar investimento por intermédio do Portal Impulso (www.impulso.org.br), financiamento colaborativo para microempreendedores.


Então não perca tempo, a sua história pode ampliar e fortalecer ainda mais o seu negócio. Além
de servir de inspiração para milhares de microempreendedores em todo o país. PARTICIPE!

Cartinha comovente cria campanha no ChildFund Brasil e consegue apadrinhamento para criança


Para uma criança que se encontra em situação de vulnerabilidade social, deixada às margens da sociedade e com poucas chances de ter um futuro melhor, ser apadrinhada é como o primeiro sopro de um vento de mudança e esperança. Para ela, o apadrinhamento vai além do investimento em sua educação, saúde e bem estar: é a conquista de um amigo, de alguém com quem ela vai dividir suas vitórias e tropeços, e que vai sempre estar lá para ajudar, um verdadeiro padrinho.

Foi assim para José Mateus, atendido pela Associação de Moradores de Cariri Mirim (de Cariri Mirim - PE), organização social parceira do ChildFund Brasil. O pequeno, que tem apenas 9 anos de idade, ficou tão feliz ao descobrir que havia sido apadrinhado, que escreveu uma carta terna e singela.

Ao chegar ao setor de processamento de carta do ChildFund Brasil, os funcionários que encaminhariam a carta para o enfim, feliz destino, constataram que o padrinho, por algum infortúnio comum à vida, havia desistido do apadrinhamento. Todos ficaram penalizados com a situação, e sensibilizados com a cartinha de José Mateus. Surgiu daí um movimento super bacana: Apadrinhe o José Mateus!

Veja a carta do pequeno:

Clique na imagem para vê-la maior
Comovidas com a história, algumas funcionárias do ChildFund Brasil apadrinharam o José, que agora já pode ficar feliz com mais de uma madrinha!
Ficou inspirado? Apadrinhe!

19 setembro 2012

Exposição revela olhar de jovens cearenses sobre comunidade em que vivem

Após três meses exercitando seu olhar sob a comunidade em que vivem, a turma do Projeto Olhares em Foco da organização social parceira Frente de Assistência a Criança Carente (FACC), está pronta para expor seu trabalho.

Denominada Exposição Fotográfica "Lagamar, Minha Vida, Meu Lugar", acontece hoje, dia 19 de setembro, a partir das 16h, Praça São Francisco, comunidade Lagamar - Fortaleza - CE. A proposta é demonstrar a evolução do trabalho e percepção dos alunos acerca de três temas pré-definidos: autobiografia, família e comunidade, por meio de técnicas fotográficas. 

Compõe a mostra 50 fotografias, escolhidas dentre milhares clicadas pelos jovens. Vivendo em um lugar reconhecido por sua violência e problemas sociais, os jovens dizem um sonoro NÃO aos rótulos ruins e investem na arte como um agente de reflexões e transformações. 

Segundo a facilitadora do projeto na FACC, Goretti Feitosa, os alunos mostram uma Lagamar que as pessoas não veem. "Os alunos do curso de fotografia trabalharam durante 3 meses registrando o dia a dia, os valores, os amores, os fazeres, os quereres e as histórias a fim de compartilhar a visão de vida comunitária deles com todos os moradores.", relata Goretti.

18 setembro 2012

África Subsaariana e Sul da Ásia somam mais de 80% de todas as mortes de crianças menores de cinco anos


Sem acesso a serviços básicos e de prevenção, doenças afetam populações pobres e vulneráveis

Segundo o Relatório de Progresso 2012, intitulado “O Compromisso com a Sobrevivência da Criança: Uma Promessa Renovada”, divulgado na última quinta-feira (13/09) pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Banco Mundial e Organização Mundial da Saúde (OMS), apesar do declínio global os ganhos ainda não são suficientes para alcançar o quarto objetivo de desenvolvimento do milênio, que estipula a redução global da taxa de mortalidade de crianças menores de cinco anos em dois terços, entre 1990 e 2015. Apenas seis das 10 regiões mundiais estão a caminho de atingir a meta.

O relatório combina estimativas de mortalidade infantil com uma descrição das principais causas dos óbitos e de estratégias que são necessárias para acelerar o progresso. De acordo com o Relatório, as mortes de crianças nessa faixa etária estão cada vez mais concentradas na África Subsaariana e no Sul da Ásia. Juntas, as regiões representaram mais de 80% de todas as mortes para o público analisado em 2011. Em média, uma em nove crianças da África Subsaariana morre antes de completar o quinto ano de vida.

Prevenção é o caminho

Além de preocupantes, os dados contextualizam a dimensão da gravidade. Mais da metade das mortes por pneumonia e diarreia, que juntas respondem por quase 30% da mortalidade de crianças menores de cinco em todo o mundo, ocorrem apenas nestes quatro países: Índia, Nigéria, Paquistão e República Democrática do Congo. As doenças infecciosas são caracterizadas por questões relacionadas às desigualdades que afetam desproporcionalmente as populações pobres e vulneráveis, sem acesso a serviços básicos e de prevenção. Essas mortes são evitáveis.

Fonte: www.onu.org.br

Com quatro anos de antecedência, Brasil atinge meta de mortalidade infantil

Número de mortes caiu 73% nas duas últimas décadas

Entre os oito objetivos do milênio estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil acaba de atingir, com quatro anos de antecedência, a redução do índice de mortalidade infantil. A meta proposta para 2015 era de 19 mortes para um grupo de mil crianças, mas já em 2011 foram registrados 16 óbitos para cada mil. Em 1990 esse número era de 58 e, ainda neste mesmo ano, 205 mil crianças com menos de cinco anos morreram no país, contra 44 mil no ano passado (2011).

Trazendo os dados para a realidade brasileira atual, isso significa que o número de mortes nessa faixa etária caiu 73% - bem maior que a média global - nas últimas duas décadas. Com esse resultado, o Brasil fica em quarto lugar no ranking de avanços, atrás apenas da Turquia, Peru e El Salvador, nações que mais obtiveram êxito na prevenção de doenças infantis.

As informações constam do Relatório de Progresso 2012, intitulado “O Compromisso com a Sobrevivência da Criança: Uma Promessa Renovada”, divulgado na última quinta-feira (13/09) pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Banco Mundial e Organização Mundial da Saúde (OMS). Ainda de acordo com o estudo, as razões pelo progresso brasileiro são atribuídas à melhor atenção médica, maior renda das famílias, expansão dos serviços de saúde e maior cobertura de vacinas e antibióticos.

Longe do ideal

Apesar de ter atingido a meta, o Brasil ainda ocupa uma posição desconfortável (107) quando comparado a indicadores de outros países. Veja como exemplos a Itália, Portugal ou Espanha, onde a proporção para a mortalidade infantil é de apenas um quarto da taxa brasileira. Ou seja, quatro para cada mil. Já Cingapura, Eslovênia, Suécia e Finlândia lideram, respectivamente, o ranking global de menos mortes - menor que três por mil. Isso equivale dizer que o número registrado nessas nações é 81% menor do que o encontrado no Brasil.

Com informações: www.onu.org.br.

17 setembro 2012

Projeto "Plantar, Colher, Comer" é notícia na revista Fato Relevante

O incrível projeto da Horta Comunitária, que transforma a vida de comunidade no interior de Minas Gerais, está rendendo notícias na rede! A revista Fato Relevante dedicou uma matéria de duas páginas sobre a iniciativa, que é desenvolvida pela organização social parceira PROCAJ, de Diamantina.

Além do auxilio proporcionado por uma alimentação de qualidade, o projeto "Plantar, Colher, Comer" ainda ajuda às mães a recuperarem sua auto-estima e confiança. Além disso, auxilia também à creche local, com o fornecimento de verduras e legumes para a merenda das crianças que ali frequentam.

Sem mais delongas, confira a matéria:
(clique na imagem para aumentá-la)
(clique na imagem para aumentá-la)

15 setembro 2012

ChildFund Brasil participará do evento "Faculdade Aberta"

Acontecerá, no próximo dia 22 de setembro, o evento "Faculdade Aberta", em Belo Horizonte (MG). O evento é realizado anualmente pela Faculdade Batista de Minas Gerais realiza, e na presente edição contará com a participação do ChildFund Brasil.

A iniciativa, que tem como tema "Juntos pelas novas gerações", é voltada à filantropia. Durante o dia, os convidados poderão doar caixas de leite para o Hospital da Baleia, e conhecerão mais a fundo o programa de apadrinhamento do ChildFund Brasil. A meta dos organizadores é de conquistar ajuda suficiente para auxiliar 3.000 crianças e jovens em todo o Brasil.

A participação de nossa instituição será na divulgação do trabalho realizado pelo ChildFund Brasil na luta por um futuro melhor para crianças em situação de risco e vulnerabilidade social. Além de explicar um pouco mais sobre o apadrinhamento, também serão expostas fotografias clicadas por alunos do projeto Olhares em Foco

O evento será realizado no próximo dia 22 de setembro (sábado), das 9h às 14h, na Faculdade Batista de Minas Gerais ( Rua Varginha, 630 - Floresta). Não perca!

Para saber mais, acesse o site do evento

14 setembro 2012

CONACREJE participa do desfile de 7 de setembro em Jequitinhonha

No último dia 07 de setembro, o Brasil completou 190 anos desde sua independência, em 1822. Por quase dois séculos, nossa pátria comemora sua libertação da coroa portuguesa tradicionalmente com desfiles e paradas, que acontecem por todo o país.

Dentre essas celebrações o CONACREJE prestou importante papel. A organização social parceira do ChildFund Brasil participou, à convite do Tiro de Guerra de Jequitinhonha, do desfile da cidade mineira, que trazia como tema "Drogas: Independência ou Morte!". 

A entidade contou com um pelotão e tanto: estavam presentes as alas de voluntários da organização, de informática, artesanato, da Casinha de Cultura, a CIA de Teatro Duplart, o grupo de palhaços "Os Atrapalhados", de esportes e taekwondo. Além do desfile, a instituição iniciou no dia suas próprias comemorações, já que este ano o CONACREJE completa 24 anos de existência. Todos estão de parabéns!

Confira algumas fotos:



Veja mais no blog da instituição.

13 setembro 2012

ChildFund Brasil e Fundação Amazonas Sustentável juntos no programa Apadrinhe Amazonas

Foi lançado no último dia 13 de setembro, o programa Apadrinhe Amazonas, fruto da proveitosa parceria entre o ChildFund Brasil - Fundo para Crianças e a Fundação Amazonas Sustentável (FAS). A iniciativa se baseia no apadrinhamento de escolas localizadas em comunidades ribeirinhas no estado do Amazonas.

Para participar, o padrinho deve contribuir mensalmente com apenas R$25,00. Este valor fará parte de um fundo, onde as escolas terão recurso para que possam melhorar sua estrutura, seu material didático e contratar mais profissionais preparados

No site  www.apadrinheamazonas.org.br/, os interessados poderão conhecer a situação precária destes ambientes, que atendem crianças de diversas idades, muitas vezes em classes multisseriadas. Também através do site você pode se tornar um padrinho ou madrinha, basta enviar seus dados no formulário de apadrinhamento. Se a sua empresa se interessa pela causa, também existe a opção de apadrinhamento para empresas. Confira o site!

O investimento feito na educação, desde a mais tenra idade, garante também uma formação cidadã e responsável. É uma aposta nas gerações que futuramente protegerão as florestas e o patrimônio ambiental do Amazonas e de nosso país

12 setembro 2012

Projeto Alegria da Criança celebra o Dia Nacional do Voluntariado

No último dia 28 de agosto, comemorou-se em nosso país o Dia Nacional do Voluntariado. Como todos sabem, através da ajuda de voluntários nas organizações parceiras, o ChildFund Brasil consegue realizar seus projetos de forma plena e com amplo alcance.

Nas organizações sociais parceiras, os voluntários ocupam uma posição estratégica e muito importante: eles são o elo entre as instituições e a comunidade atendida. Sejam eles parte do Conselho de Pais, ou dos Animadores Comunitários, eles auxiliam na passagem de informação para as famílias, bem como fazem o caminho reverso, levando à entidade os pedidos e necessidades dos assistidos.

Por esse motivo, nada mais justo que essas pessoas tão abnegadas e solidárias serem homenageadas, não só por nós, mas por todos que, de uma forma ou de outra, são ajudados por eles. Pensando nisso, o Projeto Alegria da Criança fez questão de honrar a data. Os representantes da entidade receberam à todos os voluntários em um dia de muita alegria e, em meio às festas e presentes, agradeceram e parabenizaram-os pelo seu dia.

Confira: 


Parabéns a todos!

Comissão de Pesquisa Histórica reúne dados em Caucaia (CE)

Como parte do Planejamento Estratégico de Área - PEA, que está sendo realizado em diversas organizações parceiras nas cidades atendidas pelo ChildFund Brasil, foi criada a Comissão de Pesquisa Histórica para a região de Caucaia (CE). 

Envolvidas na dita Comissão estão três organizações sociais parceiras da área, o Projeto Alegria da Criança, o Projeto Feliz Jornada e o Projeto Guadalajara. O objetivo é simples - e necessário: recolher dados básicos, como um censo, de Jurema e outras comunidades abarcadas pelo município de Caucaia.

Estão sendo procuradas informações relativas à saúde, como taxas de natalidade e mortalidade, relativas à educação, como o número de analfabetos e o nível de escolaridade da população, e outros números relevantes, pertinentes ao trabalho infantil, ao desemprego e renda familiar e à ocorrências de violência.

Além do supracitado, a pesquisa ainda se estende aos projetos realizados pelo ChildFund Brasil, através das OP's presentes nas comunidades de Caucaia.

A realização dessa iniciativa é de extrema importância, já que age de forma a construir nossos destinos e objetivos para os próximos três anos de atuação.

Confira algumas fotos:



11 setembro 2012

Alunos do Olhares em Foco de Medina se preparam para expor seus trabalhos

Mais uma edição do Projeto Olhares em Foco chega em sua reta final. Os últimos encontros da turma fotógrafa de Medina (MG) estão sendo destinados à preparação de suas fotografias e outros trabalhos artísticos que participaram a exposição que culmina o trabalho do projeto na cidade.

Em contagem regressiva para o grande dia, os alunos e o facilitador, o fotógrafo José Lourival Figueiró se reuniram no último fim de semana para selecionar as fotos que irão compor a mostra, e para terminar os outros projetos artísticos com os quais estavam envolvidos. Para o professor, o saldo das oficinas é extremamente positivo, e durante os meses foi possível observar o desenvolvimento do olhar de cada jovem envolvido. 

Além das fotografias, os adolescentes também exporão 7 vídeos, 8 impressos, 9 livretos, 1 boletim informativo e 3 desenhos, todos produzidos durante o curso, e ainda farão a apresentação do esquete teatral “Lixo e Cidadania”, com roteiro e atuação dos próprios alunos. Quanto talento, não é? O público poderá conferir isso tudo de perto no próximo dia 23 de setembro!

Enquanto isso, confira algumas fotos que foram selecionadas:



Veja outras aqui

10 setembro 2012

CONACREJE convida jovens a participar da Semana da Juventude

O CONACREJE, organização social parceira do ChildFund Brasil, a Oficina de Imagens e a Rede de Jovens Comunicadores do Semiárido Mineiro anunciam e convidam a todos para a Semana da Juventude, evento que será realizado no Vale do Jequitinhonha e Mucuri (MG), entre 09 e 13 de outubro.

A iniciativa, que tem como objetivo fortalecer e articular a juventude da região, aglomerará jovens de todo o Vale, participando de diversos eventos. Na agenda, estão oficinas, rodas de conversas, noites literárias, cinema, dentre outros.

Como palco dessa efervescência cultural está a cidade de Itaobim. Para os jovens da região que tem interesse em participar, as inscrições estão abertas, e podem ser feitas no site da Semana da Juventude. Para ver a programação completa, clique aqui.

GDECOM e Polo de Leitura "Sou de Minas Uai!" convidam para debate

O Grupo de Desenvolvimento Comunitário - GDECOM, organização social parceira do ChildFund Brasil de Belo Horizonte, convida todos a comparecer e fortalecer o debate sobre política pública para o Livro, Leitura e Biblioteca.

O convite parte do Polo de Leitura "Sou de Minas, Uai!", que abrange diversas bibliotecas comunitárias da capital mineira no objetivo de incentivar o gosto pela literatura. O objetivo do evento é a mobilização de lideranças, de organizações e da comunidade para a democratização do acesso ao livro e para a garantia desse direito como uma política de Estado.

O debate é aberto ao público e acontecerá no próximo dia 21 de setembro, uma sexta-feira, a partir das 15 horas, na Câmara de Vereadores de Belo Horizonte. Participe desse movimento!!


08 setembro 2012

Daniel Meirinho participa do programa Conexão Futura

Foi ao ar, no último dia 27 de agosto, o programa Conexão Futura que contou com a participação do fotógrafo e jornalista Daniel Meirinho. Daniel concedeu uma entrevista ao programa, via skype, sobre o Projeto Olhares em Foco, idealizado por ele e desenvolvido pelo ChildFund Brasil em diversas organizações parceiras por todo o país.

O Conexão Futura é exibido ao vivo, para todo o Brasil, pelo Canal Futura.

Confira:

 

07 setembro 2012

Conheça a Casinha de Cultura Pedacinho do Céu

Como todos sabem, o ChildFund Brasil tem orgulho de incentivar e ajudar a conservar manifestações de cultura regional por meio das Casinhas de Cultura, projeto desenvolvido em nossas organizações parceiras há mais de 10 anos. Um desses espaços é a Casinha de Cultura Pedacinho do Céu.

Mantida em Veredinha (MG), desde o ano de 2003, a casinha conta com uma grande área de lazer e brinquedos para as crianças, com um acervo excelente de livros que auxiliam os jovens a desenvolver trabalhos curriculares, peças teatrais e, claro, desenvolver o saudável hábito da leitura.

A casinha de cultura é um forte ponto de apoio para Adecave, organização social parceira do ChildFund Brasil, que usa o espaço para desenvolver diversas atividades. Durante todo ano são realizados também eventos que envolvem a comunidade, como contação de causos, oficina de tapetes de fita, campeonato de peteca, peças teatrais, dentre outros.

Ficou curioso? Confira então algumas fotos da Pedacinho do Céu:


06 setembro 2012

ADECAVE põe em prática metodologia da Terapia Comunitária Integrativa

Durante uma semana do mês de julho deste ano, as organizações sociais parceiras do ChildFund Brasil de cidades e comunidades do Vale do Jequitinhonha (MG), receberam formação em Terapia Comunitária Integrativa - TCI. O objetivo foi de repassar o conhecimento para que tal metodologia fosse aplicada com os educadores, jovens e familiares em cada entidade.

Menos de dois meses depois, a formação já está colhendo frutos. Em Veredinha, a ADECAVE tem realizado com sucesso os exercícios demandados, desenvolvendo rodas de terapia em conjunto com grupos de jovens da comunidade. Os envolvidos têm demonstrado grande interesse na técnica, que já vem trazido válidos momentos de reflexão sobre a vida de cada um.

A Terapia Comunitária Integrativa foi criada pelo antropólogo Adalberto Barreto, há mais de vinte anos. Ao contrário das terapias tradicionais, centradas no indivíduo, a TCI também pretende melhorar as relações sociais dentro da comunidade, com um espaço de acolhimento e de partilha de sentimentos e experiências de vida.

Confira algumas imagens das rodas:


05 setembro 2012

Pais e filhos se divertem em comemoração na CONACREJE

Dia dos Pais já passou, porém as comemorações ainda perduram. Nada mais justo para uma figura tão importante na vida das crianças, não é? O pessoal do CONACREJE, organização social parceira do ChildFund Brasil, concorda com isso.

Após realizar um almoço delicioso na Comunidade Rural Estiva, atendida pela entidade, chegou a vez dos papais de Jequitinhonha (MG) serem homenageados. No fim do mês de agosto, a instituição realizou uma festança super gostosa em sua sede, onde os pais puderam se divertir muito com seus pimpolhos.

Muitos que não tem a oportunidade de brincar e relaxar, se deliciaram com torneios de futsal, damas e carteado. Para fechar com chave de ouro, uma saborosa feijoada saciou a fome de todos, deixando um gostinho de quero mais para o ano que vem.

Veja como foi: 


Veja mais no blog da CONACREJE

Analfabetismo atinge 15,2% das crianças


Ninguém duvida do salto quantitativo do Brasil no ensino fundamental, com quase 98% das crianças de  sete a 14 anos matriculadas. A baixa qualidade da educação, porém, é verificada logo na aprendizagem de um conteúdo que pode definir a vida intelectual do aluno: a alfabetização. Dados do Ministério da Educação (MEC), com base no Censo 2010, mostram que a cada 20 crianças de até 8 anos no País, três não sabem ler ou escrever. O número fica pior nas regiões Norte e Nordeste. No Pará e Maranhão, por exemplo, beira os 40% a proporção de meninos e meninas nessa situação. Um grande plano para combater o problema já foi fechado pela pasta e aguarda espaço na agenda da presidente Dilma Rousseff para fazer o lançamento.

Capacitação – Intitulado de Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, o projeto prevê o treinamento de aproximadamente 300 mil professores alfabetizadores no Brasil. Cerca de 5 mil municípios, nas 27 unidades da Federação, já aderiram ao programa do governo federal, gerenciado pelo MEC. A ideia da pasta é implantar pólos de formação presencial, onde haverá um encontro por mês. O resto do curso, que terá duração de dois anos, será feito por meio de materiais específicos. Novos livros didáticos para o ciclo de alfabetização - do 1º ao 3º ano -, já foram comprados e chegarão às escolas em janeiro, segundo o secretário de Educação Básica do MEC, Cesar Calegari.

04 setembro 2012

Formação de Educadores PBEC


Projeto do Bem-Estar Comunitário (PBEC), através do convênio com o ChildFund Brasil e Instituto Coca Cola, concluiu sua turma de formação de educadores.
Foram duas semanas de estudos dirigidos, através de metodologia participativa com a facilitação de Kelly Costa, a serviço da Fundação Roberto marinho.
Esta formação possibilitará melhor atuação dos educadores na Comunidade do Grande Tancredos Neves, área onde a Instituição está localizada.
Confira abaixo os depoimentos dos educadores:
  • Foi muito gratificante passar esses dias no projeto PBEC, me senti muito acolhida por todos ! Obrigada pela receptividade ! (Talita Gabriel).
  •  Parabéns, as pessoas que compartilham seus conhecimentos.Essas não são egoístas. (Ozirene)
  • Um acolhimento sem igual. Passar esses dias no PBEC foi para mim uma experiência incrível, pelo carinho, alegria, espontaneidade e dedicação de todos. Obrigada, Cleylson, por tudo. Espero ter logo uma reunião aí, para poder abraçar de novo os meninos e absorver um pouco dessa energia linda! Obrigada! (Fosca Maria Varoli)

Diário de Bordo: Jovens de Medina (MG) mesclam fotografia a outras manifestações artísticas

Os jovens participantes do projeto Olhares em Foco de Medina (MG), continuam a impressionar com o talento na fotografia, e agora também em outras manifestações artísticas. O presente diário relata os exercícios realizados pelos alunos na última semana de agosto.

Segundo o facilitador da iniciativa na cidade, o fotógrafo José Lourival Figueiró, os meninos e meninas demonstraram grande evolução nas fotos clicadas durante a semana. Além disso, o professor conta que os alunos andam desenvolvendo outros projetos, que também utilizam a fotografia aliada à outras manifestações artísticas.

Empolgados com a descoberta da arte, os jovens vem produzindo vídeos, livretos e textos, inspirados muitas vezes naquilo que vêem ao fotografar. A turma está, ainda, desenvolvendo uma peça de teatro "Lixo e cidadania", que será apresentada concomitantemente à Exposição Fotográfica do Projeto. Muito legal, não é?

Confira algumas fotos clicadas pelo jovens na última semana:




Veja mais fotos em nosso Facebook.

03 setembro 2012

III Seminário Economia Solidária

Em comemoração ao Dia dos Pais, crianças, adolescentes e familiares estiveram presentes na quadra da Igreja do Sagrado Coração com objetivo de compartilhar ações-programáticas desenvolvidas.

Nada melhor para agregar que uma grande feira promovida pelo III Seminário da Economia Solidária com barracas, bijuterias, cozinha popular ( pratinhos regionais), roupas (vestidos) da oficina de corte-costura e Metodologia GOLD com pescarias, sorteios. O ponto alto foi a apresentação dos grupos de Dança, Karatê, Violão e Flauta.

Em parceria com a SEMAM (Secretária Municipal do Meio ambiente), tivemos uma oficina de demonstração local de Economia Doméstica de transformação de Óleo usado em Sabão x Eco- Sustentabilidade.

 Apresentação de violão e flauta, dança e karatê
 Diversas oficinas foram realizadas durante o dia com a participação da comunidade
 Transformação de Óleo em Sabão


Diário de Bordo projeto Olhares em Foco Fortaleza

Em sua 5ª semana, o projeto Olhares em Foco Fortaleza foi dedicado as fotos-passeio. Os alunos tiveram a oportunidade de exercer seu olhar para uma nova modalidade.

Fomos ao parque Rio Branco, um parque muito bonito e que já faz parte da história da instituição e dos jovens, onde diversas vezes a arte do jovens do FACC foi apresentada à comunidade e portanto, tem um significado bem especial. Visitamos o projeto de arte que funciona dentro do parque, com aulas de violão e percussão.
Fomos  cobrir a apresentação do Juventude Muda na Assembleia Legislativa, no evento Caravana da Anistia e arrepiaram todos os participantes mostrando todo o talento que possuem. Foi um momento de grande realização para os alunos do Olhares em Foco que puderam cobrir o evento.
Realizamos novas incursões também à comunidade fotografando as pessoas que residem nela. Em cada saída, novas descobertas são feitas!

Goretti Feitosa.
Apresentação do Juventude Muda, na Assembléia Legislativa
 Projeto de Arte, realizado dentro do Parque Rio Branco com aulas de violão e percussão
 Morador da comunidade em momento dedicado a leitura
 Parque Rio Branco
 Trabalhadora da comunidade levando suas verduras.