20 setembro 2012

Cartinha comovente cria campanha no ChildFund Brasil e consegue apadrinhamento para criança


Para uma criança que se encontra em situação de vulnerabilidade social, deixada às margens da sociedade e com poucas chances de ter um futuro melhor, ser apadrinhada é como o primeiro sopro de um vento de mudança e esperança. Para ela, o apadrinhamento vai além do investimento em sua educação, saúde e bem estar: é a conquista de um amigo, de alguém com quem ela vai dividir suas vitórias e tropeços, e que vai sempre estar lá para ajudar, um verdadeiro padrinho.

Foi assim para José Mateus, atendido pela Associação de Moradores de Cariri Mirim (de Cariri Mirim - PE), organização social parceira do ChildFund Brasil. O pequeno, que tem apenas 9 anos de idade, ficou tão feliz ao descobrir que havia sido apadrinhado, que escreveu uma carta terna e singela.

Ao chegar ao setor de processamento de carta do ChildFund Brasil, os funcionários que encaminhariam a carta para o enfim, feliz destino, constataram que o padrinho, por algum infortúnio comum à vida, havia desistido do apadrinhamento. Todos ficaram penalizados com a situação, e sensibilizados com a cartinha de José Mateus. Surgiu daí um movimento super bacana: Apadrinhe o José Mateus!

Veja a carta do pequeno:

Clique na imagem para vê-la maior
Comovidas com a história, algumas funcionárias do ChildFund Brasil apadrinharam o José, que agora já pode ficar feliz com mais de uma madrinha!
Ficou inspirado? Apadrinhe!

0 comentários:

Postar um comentário