25 setembro 2012

Direto da Austrália: madrinha visita afilhada que mora em Campos Sales, cidade do interior do Ceará


Já imaginou a alegria da afilhada ao receber a visita da madrinha lá da Oceania? Pois é, foi isso mesmo que aconteceu. Ruth Bigwood e o marido Rowan Bigwood vieram da Austrália para conhecer Daniele da Silva Custódio, moradora de Campos Sales, interior do Ceará. O encontro aconteceu na sede do Conselho de Pais de Campos Sales – organização social parceira do ChildFund Brasil.

O casal foi recepcionado pela adolescente e sua família, funcionários da Casa várias crianças. Já na chegada, Daniele fez uma singela homenagem ao ler um texto dedicado à madrinha, emocionando a todos. E para completar a costumeira hospitalidade do povo nordestino, a organização ofereceu ao casal um belo café da manhã. Os diálogos contaram com a colaboração da intérprete Inga Palácio, que durante o tempo todo fez a mediação da madrinha com a afilhada e os demais convidados.



Conhecendo a Organização

Várias atividades marcaram o dia de Ruth e do marido Rowan. Inicialmente eles conheceram as instalações do Conselho de Pais e, em seguida, assistiram a várias apresentações das crianças e jovens, como a orquestra de sopro, violinos, teatro, música, oficinas e esportes.

O casal, que se mostrou bastante interessado em saber mais sobre os trabalhos desenvolvidos, também ficou impressionado com tudo o que viram. Andaram pela comunidade, visitaram a escola da afilhada e conheceram os colegas e professores de Daniele, e ainda marcaram presença numa partida de futebol. Ah, o casal também teve um tempinho e disposição para dançar forró. E olha só que bacana, depois de passarem pela horta da organização, algumas folhinhas de chá foram colhidas pelos visitantes. Ou seja, direto de Campos Sales para a Austrália, e um pedacinho da comunidade que ganha a terra dos cangurus.


Reconhecimento

Nem precisa dizer o quanto Daniele estava feliz, e também ansiosa. Por cartas, elas já têm um ótimo relacionamento, contudo, a visita fortaleceu ainda mais o laços entre madrinha e afilhada. Daí a importância de atitudes como a da Ruth, especialmente em comunidades onde a figura dos padrinhos fica apenas no imaginário das crianças.

Durante o encontro, Ruth disse: “hoje é um dos dias mais felizes da minha vida, tudo o que vimos (ela e o marido) é muito melhor do que imaginávamos. Para nós, foi um dia maravilhoso”, afirmou. Ruth ainda fez referência à gestora do projeto Maria de Lúcia de Andrade Saraiva, a quem ela considerou ser “uma mulher inspiradora e a razão pelo sucesso do projeto”.

Finalizando, nós do ChildFund Brasil torcemos para que mais padrinhos e madrinhas visitem os seus afilhados. E não se esqueça, a gente também quer contar a sua história pra todo mundo.

Veja mais imagens aqui

0 comentários:

Postar um comentário