19 outubro 2012

Adolescentes do Conjunto Paulo VI apresentam olhares sobre a comunidade

por Priscila Oliveira

Um olhar diferente sobre o lugar onde moram, seja de denúncia ou de revelação de rara beleza, é isso que os adolescentes do Conjunto Paulo VI mostram nas fotos da exposição “Diferente Olhares em um Foco”, no Café com Letras em Belo Horizonte/MG.

A abertura do evento aconteceu na última quarta-feira, 17 de outubro. A exposição é resultado do projeto Olhares em Foco, uma iniciativa do ChildFund Brasil – Fundo para Crianças junto à organização social parceira o Centro Social de Apoio à criança e ao adolescente do Conjunto Paulo VI.

A proposta do projeto é promover uma reflexão referente aos espaços de convivência e relações sociais destes jovens com relação à sua própria história, família e comunidade. É uma oportunidade de os jovens mostrarem, por meio da fotografia, o cotidiano da comunidade com um novo olhar. Foram selecionadas as 20 melhores fotografias de 20 adolescentes, entre 15 e 18 anos. Aproximadamente 3.000 fotos foram produzidas em todo o processo.

“Faço parte do Centro Social desde quando eu tinha apenas um ano de idade. Já participei de vários projeto, mas este do Olhares em Foco mexeu comigo. Foi ótimo! Fiquei apaixonada com fotografia. Aprendi que tirar foto não é apenas apertar um botão, é preciso pensar antes no que a gente quer mostrar, ter um olhar diferente sobre o que é comum”, falou a adolescente Paola de Melo, 16 anos.

Sobre a possibilidade de escolher uma foto e um título para divulgar em um jornal, Paola disse que escolheria uma foto que fez na pracinha do bairro. “Eu fotografei tanto o lixo, quanto a paisagem de casas e prédios que havia atrás. O título seria a A comunidade e o lixo. Porque às vezes a gente tem a comunidade e muita gente fala que não há nada para fotografar, e acaba deixando o lixo ali, vai acumulando e acaba não valorizando o próprio lugar que eles moram”, explica Paola.

Para Raffael Santos, de 12 anos, se ele tivesse a oportunidade de ir até Brasília, mostrar a foto para a presidente Dilma, ele “levaria a foto da comunidade para mostrar as mudanças que ela deveria fazer, como melhorar as ruas, as casas, tirar as pessoas das ruas e cuidar das famílias que estão precisando”. Sobre o título para um possível artigo, Raffael disse que seria A falta de respeito dos presidentes. “Porque eles falam muito que vão mudar as coisas e eles não mudam nada, só querem ganhar votos e ficar em lideranças”, conta Raffael.

A mãe de Raffael, Leia Ribeiro, falou que achou o projeto Olhares em Foco inovador para a comunidade. “Eu achei lindo a foto que ele tirou do cachorro porque é a cara dele, ele gosta muito de animais e acho que a foto revelou realmente quem ele é. Este projeto está de parabéns, acrescentou muito pra ele. Raffael sempre foi um menino exemplar, mas agora tem mais comprometimento com as coisas que ele tem que fazer, melhorou os estudos, a organização dos horários”.

A mostra se estende até o dia 5 de novembro. Vale a pena conhecer esse trabalho e entender um pouco a realidade que rodeia essas crianças.


0 comentários:

Postar um comentário